Seca na AmazoniaPoupe água, economize água, proteja a água, salve a água, beba água, água, água, água… Ouvimos tantas frases sobre a água, que a palavra acaba perdendo o sentido em nossas mentes. Mas já é hora de “cair a ficha”.

Foto: Barreirinha (Amazonas), outubro de 2005 – ©Greenpeace/Daniel Beltrá

Você sabe de onde vem a água?

Toda água do planeta se mantém em constante movimento, passando do estado gasoso – proveniente da evaporação de todas as superfícies úmidas – mares, rios e lagos, pelo estado líquido – nos oceanos (água salgada), rios e lagos (água doce) e no subsolo, constituindo os chamados lençóis freáticos e pelo estado sólido – nas regiões frias do planeta, nos pólos.

É o chamado ciclo hidrológico que sustenta(va) a vida na Terra.

Até 25% da água que cai como chuva pode ser interceptada pelas copas das árvores. O restante escoa pela superfície do solo ou se infiltra nele. Cerca de 1% da água que cai é retida para a formação de matéria orgânica que constitui os seres vivos (constitui Vida). O restante atinge os mares, caindo diretamente neles ou a eles chegando através dos rios.

Nossas interferências quebram esse ciclo natural da água. A impermeabilidade do solo nas áreas urbanas, falta de cobertura vegetal e poluição…

Segundo o IBGE, 97% da água do planeta são água do mar, imprópria para consumo ou para processos industriais; 1,75% é gelo; 1,24% está em rios subterrâneos, escondidos no interior do planeta. Para o consumo de mais de seis bilhões de pessoas está disponível apenas 0,007% do total de água da Terra.

Desses 0,007% de água boa para consumo, são usados:

  • 70% para Agropecuária – Quase que a totalidade deste montante é utilizado para irrigação. Adicionalmente, é utilizada para tratamento de animais, lavagem de instalações, máquinas e utensílios, entre outros.
  • 22% para Indústria – Como matéria-prima, na produção de alimentos e produtos farmacêuticos, gelo e em atividades industriais onde a água é utilizada para refrigeração, como na metalurgia, para lavagem nas áreas de produção de papel, tecido, em abatedouros e matadouros, etc e em atividades em que é utilizada para fabricação de vapor, como na caldeiraria, entre outros.
  • 8% para Residências – Subdivididas em uso doméstico (como fonte de vida, bebida, no preparo de alimentos, higiene pessoal, limpeza na habitação, irrigação de jardins e pequenas hortas particulares, criação de animais domésticos, entre outros) e público (moradias, escolas, hospitais e demais estabelecimentos públicos, irrigação de parques e jardins, limpeza de ruas e logradouros, paisagismo, combate a incêndios, navegação, etc).

E não sei iluda, a escassez de água não é resultado de problemas temporários de distribuição.

Tá entendendo agora porque é necessário usar a água com responsabilidade?

Precisamos da água para viver, e essa não é uma frase poética. É matemática pura. Todas as partes do nosso corpo têm água.

  • Cérebro = 75%
  • Pulmões = 86%
  • Fígado = 86%
  • Músculos = 75%
  • Coração = 75%
  • Rins = 83%
  • Sangue = 81%

O homem é capaz de sobreviver até 28 dias sem comer, mas apenas 3 dias sem beber água. Entende agora o significado de “Água é Vida”?

De acordo com a ONU, desde 1950 uso da água triplicou. Estima-se que nos próximos 20 anos o homem vai usar 40% a mais de água do que usa agora.

Imagine só como ficarão as pessoas que já carecem de água, como cerca de 200 milhões de pessoas na África, que hoje já sofrem (e morrem) com a escassez de água.

Imagine ainda que falamos em um futuro próximo. Quantos anos você tem hoje? Faça as contas, daqui a 20 anos, você, seus filhos e seus netos… e a falta d’água.

Não importa quem somos, onde estamos e o que fazemos, todos nós dependemos da água.

Então, pra reforçar, transcrevo aqui aquelas velhas dicas de como poupar água com ações simples no dia a dia:

No Banheiro

  • Feche a torneira enquanto escova os dentes ou faz a barba. Uma torneira aberta pode consumir, por minuto, até 2,4 litros (numa casa) ou 16 litros (num apartamento).
  • Tome banhos rápidos. A cada minuto no banho você gasta de 3 a 9 litros.
  • Regule as válvulas de descarga.
  • As convencionais usam cerca de 40% de toda a água de uma casa ou escola.
  • Cada segundo que uma pessoa permanece com o dedo na descarga são 10 litros de água desperdiçados.

Na cozinha

  • Limpe bem os pratos e panelas e jogue os restos de comida no lixo.
  • Deixe a louça na água para facilitar a lavagem.
  • Feche a torneira enquanto ensaboa e volte a abri-la apenas para enxaguar.
  • Ligue a máquina de lavar louça apenas quando estiver completa.

Na lavanderia

  • Utilize a lavadora de roupa só quando ela estiver cheia.
  • Reaproveite a água de chuva ou da máquina para lavar o chão da cozinha, área de serviço e quintal.

Nas áreas externas

  • Varra as calçadas para retirar o lixo e use balde em vez de mangueiras.
  • Molhe as plantas com regador quando o sol estiver mais fraco.
  • Lave o carro utilizando o balde.
  • Prefira ter jardins a áreas cimentadas, favorecendo a infiltração da água no solo.

Manutenção

  • Elimine vazamentos.
  • Troque ou conserte torneiras pingando.
  • Faça o teste do relógio de água. Se os ponteiros continuarem rodando sem consumo, é sinal de vazamento.

Use do dia 22 de março – o dia Mundial da água – como um marco. Comece a fazer a diferença, adaptando-se a essa realidade.

Pra encerrar, colocamos aqui a imagem de um cartão da série de cartões de final de ano que postamos aqui. Aproveitamos a excelente idéia do Fábio Yabu do Mude o Mundo e veiculamos algumas das mensagens criadas por ele. Nessa da água, em especial, usamos uma foto nossa.

Que em 2008 você economize água

Fontes: IBGE, SESI-SP e AMBIENTE BRASIL