A primavera trouxe o sol e a vontade de viajar. Hora de arrumar as malas, ou melhor, a mochila. E agora? Qual o modelo certo? Qual o tamanho? O que levar? Como arrumar?

O site Mochila Brasil traz dicas valiosas para quem quer trocar de mochila ou para quem vai comprar a primeira.


Conforto, resistência e praticidade são as pedidas ideais na hora da escolha

Na hora da escolha:
conforto, resistência e praticidade
são as pedidas


Abuse dos bolsos e presilhas externas para maior praticidade e conforto


Acomodar bem as roupas garante facilidade no transporte

A mochila ideal
por Claudia Severo

Antes de se empolgar com aquele modelo bonitão pense que a mochila ideal é aquela que se encaixará às suas atividades durante a viagem e à sua estrutura física.

Atente que as mochilas para longos percursos e períodos, ao autêntico estilo “mochilão”, são desenvolvidas para transportar “carga” (chamadas de mochilas cargueiras).
Numa viagem mais prolongada e quase sempre sem grandes comodidades (como ônibus na porta), a escolha da mochila é um tanto “elaborada” – o que faz parte do prazer de viajar de maneira independente! Conforto, resistência e praticidade são as pedidas na hora de desembolsar seus preciosos reais!

Fique atento:
A mochila cargueira geralmente tem armações internas e ou externas (de alumínio, por exemplo), ombreiras (alças semi-rígidas/acolchoadas), barrigueira (que envolve o abdômen) e o corpo (de nylon e/ou outros materiais).

Armações internas dão maior sustentação à mochila; já as externas podem enroscar em galhos de árvores numa trilha, por exemplo.

Ombreiras muito estreitas podem “cortar” seus ombros; as muito largas podem machucar suas axilas.

Além de não serem lá tão baratas, se esses detalhes passarem despercebidos podem lhe dar dores de cabeça futuras, por isso a importância de pesquisar bastante e optar por bons fabricantes na hora da compra. Eles usam critérios ergonômicos e as mais avançadas tecnologias nos tecidos e outros materiais empregados na confecção.

Tamanho
Quando falamos em tamanho de mochila, logo nos vem à mente: para que a usarei e por quanto tempo? Correto, mas há ainda que se levar em conta que a “companheira” deve ser compatível com seu dorso (ligação do pescoço à bacia).

Além disso, preste muita atenção aos ajustes das ombreiras. Caso as alças estejam longas demais, a mochila acabará puxando seu corpo para trás, sobrecarregando seus ombros. Para as mulheres então, mais sufoco: a mochila começa a pular sobre o quadril das de bumbum mais “avantajado”! Já as alças curtas podem render uma bela dor na parte superior das costas.
O tamanho ideal é aquele que não causa desconforto para ombros e coluna.

O tamanho da mochila é determinado pela sua capacidade em litros. As de até 40 litros podem ser consideradas pequenas, de 45 a 60 médias e as grandes ou cargueiras suportam 90 litros ou mais.

Hoje há interessantes modelos expansíveis, ou seja, uma mochila de 50 litros + 15 litros (totalizando 65 litros se esticar o “pescoço” dela) por exemplo. Existem também as com frente destacável que podem funcionar como boa mochila de ataque (pequena, para trilhas de curta duração) enquanto sua mochilona “repousa” no locker do albergue.

Detalhes também ajudam no “rendimento” da mochila: bolsos laterais e internos, zíperes nas partes inferiores e superiores são interessantes para separar a bagagem e manter alguns itens sempre à mão.

Pra não errar: Com a mochila nas costas (cheia de preferência), observe se ela é mais baixa que sua cabeça, mais estreita que seus ombros e se forma um perfil achatado! Se sim, você terá grandes chances de ficar contente com ela.

Antes de comprar, vista a mochila e se possível coloque alguns itens dentro da mesma, faça os ajustes necessários, dê uma voltinha pela loja e “sinta” antes, o que levará para casa. Se comprá-la pela internet, verifique todo o tipo de informação sobre o modelo que escolheu e peça dicas a outros viajantes!

Arrumação: compartimentos e como distribuir o peso na mochila
Seja pra onde for e quanto tempo ficará lá, não leve a “casa nas costas”; pra isso é melhor alugar um motor-home! Leve somente o necessário.

Para leves e curtas caminhadas pense basicamente na mochila de baixo para cima:
1 – saco de dormir
2 – material leve
3 – e rente às costas o material mais pesado.

Para grandes cargas pense em:
1 – materiais pesados
2 – saco de dormir
3 – (não necessariamente rente às costas) o material mais leve.

Atente para não levar objetos pontiagudos desprotegidos em qualquer um dos casos. Vale ressaltar que estas são apenas dicas e que cada um certamente encontra uma maneira muito peculiar de fazer com que a mochila fique confortável. Deixe a sua dica em: www.mochileiros.com

Penduricalhos extras
As presilhas externas da mochila servem para que você pendure lanterna, panela, isolante térmico, barraca etc. Tem muita gente que não gosta de ficar parecido com uma árvore de natal e tenta ao máximo acomodar tudo dentro da mochila. Além da aparência, em uma área externa livre isso pode evitar que se enganche em galhos de árvore ou até mesmo derrube aquele “spot” da banca de jornal da rodoviária! Se for inevitável, experimente colocar algum item na vertical e não na horizontal.
Abuse dos bolsos para colocar as coisas que quer sempre à mão: cantil, canivete, câmera fotográfica (dependendo do tamanho), capa de chuva, aquele lanchinho etc.

Acomodando as roupas
Há os que prefiram fazer um “rocambole” das peças, outros enfatizam que dobrar é a melhor opção. Faça um teste com ambas.
Também é recomendado embalar em sacos plásticos as peças que levar. Mesmo feita de um bom material a mochila pode molhar e lá se vai a esperança de uma roupa limpinha e sequinha! Ah, depois, os sacos acabam servindo para embalar a roupa suja até que você meta a mão na massa e encare a fila do tanque ou leve-a à lavanderia mais próxima.
Roupas leves e de tecidos que não amassem são pedidas tanto para lugares frios como quentes. Uma roupa pesada não necessariamente é quente, assim como uma leve não necessariamente é fresquinha (atente para os tecidos e tecnologia empregada).

Checklist
O bom equilíbrio da mochila é fundamental para o conforto e desempenho do usuário.
Evite carregar embalagens pesadas de vidro, quadradas, pontiagudas ou muito rígidas.
Não esqueça de levar (sugestão):

  • Sacos plásticos
  • Kit primeiro socorros (com os paliativos básicos que costuma utilizar em casa)
  • Cantil
  • Capa de chuva e capa impermeável para mochila (há boas opções no mercado)
  • Canivete multifuncional ou faca comum, abridor de lata/garrafa, tesoura e alicate
  • Lanterna de mão e ou cabeça
  • Pilhas
  • Óculos de sol
  • Boné ou chapéu
  • Protetor solar (pele e lábio)
  • Produtos de higiene pessoal ( escova de dentes, creme e fio dentais, pente, escova, desodorante, sabonete, shampoo e condicionador, ou dois em um, cortador de unhas, barbeador/depilador etc)
  • Fósforo ou isqueiro
  • Varal
  • Purificador de água (Ex. Hidrosteril)
  • MP3 player ou Walkman
  • Equipamentos para captura de imagem (máquina fotográfica, filmadora, celular com câmera etc)
  • Binóculos
  • Toalhas de banho
  • Saco de dormir
  • Isolante térmico
  • Bolsa protetora para mochila (tipo uma rede protetora, muito útil para transportar a mochila nas esteiras de aeroportos ou em tetos de ônibus “capengas” mundo a fora!)
  • Cadeado
  • Roupas e calçados apropriados para o que fará e onde fará. Atenção aos calçados, eles devem estar já amaciados. Ah e meias extras!
  • Barraca e utensílios para camping (panela, fogareiro, prato etc),caso tenha intenção de acampar.
  • Documentos pessoais (vistos, passaporte, comprovantes de vacina, bilhetes de transporte e ou reserva de albergues/hotéis caso os tenha).
  • Informação! Muita informação!

Links (alguns sites de fabricantes e lojas especializadas)

www.pac-safe.com
www.deuter.com.br
www.penatrilha.com.br
www.halfdome.com.br
www.decathlon.com.br
www.casadomontanhista.com.br
www.amaresolcia.com.br
www.emporioaventura.com.br
www.bagsadventure.com.br
www.conquistamontanhismo.com.br
www.equinox.com.br
www.poc.com.br
www.curtlo.com.br
www.arcoeflecha.com.br
www.virtualclick.com.br
www.kailashonline.com.br
www.trilhaserumos.com.br
www.high5.com.br
www.mterra.com.br
www.climbspirit.com.br
www.planetacamping.com.br
www.nautika.com.br

 

Fonte: Mochila Brasil

Boa viagem e lembre-se de que em suas viagens você também pode contribuir para a sustentabilidade da região visitada. Como? Veja neste vídeo do Projeto Turismo Responsável