Vivências e dicas de uma família que adora uma viagem ;)!

Circuito Turístico Serras Verdes (MG) opção para finais de semana e feriados

O feriado de páscoa de 2009 acontecerá no dia 12 de abril de 2009 (domingo). Parece frustrante para os que são ávidos por feriados, mas um final de semana pode sim ser um pretexto para uma viagem.

Que tal o Circuito de Serras Verdes? Sem dúvida uma opção para todos os gostos.

Dezesseis cidades compõem o Circuito Turístico Serras Verdes: Bom Repouso, Bueno Brandão, Cachoeira de Minas, Cambuí, Camanducaia, Conceição dos Ouros, Consolação, Córrego do Bom Jesus, Estiva, Extrema, Gonçalves, Itapeva de Minas, Sapucaí Mirim, Senador Amaral, Tocos do Moji e Toledo.

História e Cultura da região sul de Minas Gerais

Inscrições rupestres e sítios arqueológicos comprovam a presença do índio, primeiro habitante daquelas serras. Depois chegaram os bandeirantes atrás de ouro… em vão.

Mas se não havia ouro, havia abundância de terras férteis e rios generosos que atraíram colonos que formaram os primeiros povoados. Hoje, essas montanhas encantam visitantes em busca de tranqüilidade e de belas paisagens.

A natureza do sul de Minas Gerais

O clima, considerado um dos melhores do mundo, é caracterizado por verões amenos e invernos de temperaturas negativas, o que o torna único num país tropical como o Brasil.

A paisagem é cortada por belas cachoeiras cercadas por flora e fauna remanescentes da Mata Atlântica. Boa parte da região se situa dentro das APAs – Áreas de Preservação Ambiental, o que permite que as florestas de araucárias, cartão postal da Serra da Mantiqueira, permaneçam intocadas.

O caloroso e simples povo mineiro

As cidades que formam o Circuito mantêm os hábitos de vida simples. Um cotidiano de fogão a lenha, quitandas, queijo artesanal, doces, geléias e pães, além dos pratos típicos da apreciada cozinha mineira. Esses hábitos, aliados ao conforto, marcam o serviço oferecido por hotéis e pousadas que se espalham pelas montanhas.

Não é sem razão que o artesanato de Minas rompeu os limites do país e hoje é adquirido no mundo todo como legítimo representante da arte popular. Pois na Serra da Mantiqueira essa arte toma forma através do barro, da palha, da madeira, do tecido, expressando o talento do povo da montanha que se reflete também nas festas típicas em louvor aos santos ou como representação de uma cultura rica em ritmos e danças.

O Turismo

O turismo rural e o ecoturismo se organizaram, permitindo que o visitante usufrua o que há de melhor tendo como cenário antigas fazendas, testemunhas da História guardada entre as paredes da casa grande e da senzala.  Mas para quem considera que o prazer deve conter uma dose de adrenalina, os Esportes de Aventura encontraram espaço privilegiado na serra: trilhas, cavalgadas, canoagem, arborismo, vôo livre, rapel, rafting – é só escolher.

Ar puro, rios limpos e encachoeirados, verde exuberante, tranqüilidade, aconchego. O Circuito Serras Verdes do Sul de Minas tem tudo isso a oferecer. E o que dizer da reconhecida hospitalidade mineira? Bem, essa só indo pra conhecer 😉

Confira aqui mais informações sobre a região e algumas opções de hotéis. Programe logo seu final de semana de páscoa.

——–
Fonte: Portal Ecoviagem e Portal Serras Verdes. Fotos: Portal Serras Verdes

Similar posts

No Comments Yet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *