Vivências e dicas de uma família que adora uma viagem ;)!

Itens e acessórios obrigatórios para viajar de carro pela América do Sul

Dois estepes? Lençol branco para cobrir defuntos? Velas? Correntes? Dois triângulos? Afinal, o que é lenda e o que realmente precisamos levar como ítens obrigatórios para rodar dentro da lei pelas estradas da América do Sul?

Este post faz parte do planejamento para nossa pequena expedição pelos países hermanos. Já falamos sobre os Documentos obrigatórios para viajar de carro pela América do Sul, sobre a Documentação para viagens internacionais com crianças,  sobre Dinheiro, cartão de crédito ou cartão pré-pago. Qual levar em viagens internacionais? e outros tantos assuntos importantes para um bom planejamento.

A tabela abaixo mostra de forma simplificada os itens e acessórios obrigatórios para um veículo em viagem pela Argentina (ARG), Paraguay (PRY), Uruguay (URY), Venezuela (VEN), Chile (CHL) e Perú (PER). Os itens são detalhados logo após a tabela.

Para os outros países da América do Sul como Colômbia, Suriname, Equador, Guiana e Guiana Francesa, que ficaram fora da tabela, os sites oficiais não informam. Enviamos mensagens para os consulados e estamos aguardando as orientações.

[table]

ITENS E ACESSÓRIOS
ARG PAY URY VEN CHL PER BOL
Cinto de segurança para todos os ocupantes do veículo (bancos da frente e de trás) X X X X
Extintor de incêndio X X X X
Cadeirinhas e assento de elevação para crianças, conforme a idade (*) X X X X X
2 Triângulos X X X
Kit de primeiros socorros X X
Cambão ou cabo de aço X
Cadenas (para trafegar em pistas com neve) X X
Apoios de cabeças também nos bancos traseiros X

[/table]

Cinto de segurança – Como aqui no Brasil, o cinto de segurança é orbrigatório para todos os ocupantes do veículo -bancos da frente e de trás.

Extintor de incêndio – Item já obrigatório no Brasil.

Cadeirinhas e assento de elevação para crianças – (*) O uso de cadeirinhas e assento de elevação para crianças também é obrigatório na Colômbia e Equador. Veja como escolher a cadeirinha adequada para cada criança, conforme peso e altura, no link Cadeirinhas de carro para bebês e criancas.

Cadenas – São correntes que envolvem os pneus e ajudam na aderência em pistas com neve. O uso de cadenas é obrigatório por lei quando há neve na pista (mais de 2 cm de espessura).

Existem cadenas convencionais (correntes), cadenas de tela (mais usadas na europa) e cadenas líquidas. As convencionais e de tela são usadas quando há neve na pista e devem ser instaladas nas rodas de tração do veículo. No caso de veículos com tração 4×4 deve-se instalar nas rodas dianteiras.

É possível comprá-las no Chile e Argentina em alguns postos de combustível, grandes redes supermercados e lojas especializadas em acessórios para automóveis. Existem cadenas de tamanhos e modelos diferentes, dependendo do tamanho da roda e do tipo de veículo (automóvel ou pick-up).

Deve-se prestar atenção também na possibilidade de haver gelo na pista, que é mais perigoso que neve, pois além de mais escorregadio, o gelo é difícil de ser percebido. Se não houver neve na pista, mas sim no acostamento, é possível que possam haver placas de gelo na pista, portanto dirija devagar e com atenção.

Como neste caso não se usa as cadenas convencionais, pode-se usar as cadenas líquidas – spray antideslizante. Não é obrigatório por lei, mas recomendado por segurança 😉

A cadena líquida é um spray que pode ser aplicado nos pneus, aumentando sua aderência à pista. Este tipo de cadena deve ser reaplicada a cada 20Km, pois após esta distância ela perde seu efeito.

Cambão ou cabo de aço – Em relação ao cabo de aço, o cambão rígido tem a vantagem de ser mais seguro e ser a única opção autorizada no Brasil para rebocar outro carro. Você pode comprar na Argentina, mas se quiser procurar por aqui, em lojas especializadas de sua cidade ou pela internet, não vai ter dificuldades.

Triângulo adicional – Para sinalisar que o veículo está avariado, são usados um triângulo na frente e outro atrás.

Kit de primeiros socorros – É o mesmo kit que foi exigido aqui no Brasil há alguns anos contendo: luva, gaze, atadura, esparadrapo, tesoura pequena, antiséptico e uma bolsa ou nécessaire para guardar tudo. Mas se o destino for Argentina, é melhor comprar por lá. Lemos alguns relatos de viajantes que foram parados por guardas que não aceitaram o kit “montado” alegando estar incompleto.

Acessórios proibidos no carro

Na Argentina é proibido o uso de acessórios não-originais no carro, como o engate para reboque (sem o reboque, é claro) e quebra-mato (ou mata-cachorro: grade de proteção dianteira, comum em pick-ups). Os faróis auxiliares devem ser AMARELOS (ou estarem cobertos por um plástico ou similar). A proibição está na legislação de trânsito argentina, artigo 48, inciso “Y”, lei 24.449/1994: “y) Circular con vehículos que posean defensas delanteras y/o traseras, enganches sobresalientes, o cualquier otro elemento que, excediendo los límites de los paragolpes o laterales de la carrocería, pueden ser potencialmente peligrosos para el resto de los usuarios de la vía pública.”

No Chile, segundo a lei de trânsito, é proibido o uso de insulfilm em qualquer tipo de veículo.

 

[box style=”” type=”warning_box”]
Consulado da Argentina orienta motoristas estrangeiros

O Consulado da Argentina em Uruguaiana distribui por dia, na temporada de verão, dezenas de listas a brasileiros que viajarão pela Argentina constando o que é obrigatório para trafegar nas estradas.

O documento é entregue em papel timbrado e assinado pelo cônsul. A medida, segundo o Consulado, visa evitar que a polícia argentina solicite itens que não constem na lista, com finalidade de cobrar multas.

Um dos itens que mais chama atenção no documento é o alerta de que não existe na legislação argentina o requisito de que em viagens seja necessário levar um pano branco ou uma mortalha plástica, para o caso de acidente com morte.

O consulado justifica o alerta expresso no papel pelo grande número de brasileiros que os procuravam reclamando que haviam sido multados por não portarem os mórbidos objetos.

Fonte: www.newslog.com.br
[/box]

 

Enfim, estamos ainda pesquisando algumas “lendas” e leis e assim que tivermos informações novas, atualizaremos o post.

E vc? tem alguma dica para nos dar?

Fontes:
www.viajandodecarro.com.br
www.clubeautomotor.com/DICAS-Como_dirigir_na_neve.html
Municipio de Porto Mauá – Fronteira de Imigração
http://www.newslog.com.br

 

Similar posts

19 Comments

  1. Adriana Pasello | Diário de Viagem's Gravatar Adriana Pasello | Diário de Viagem
    20 de março de 2013    

    Esta do cobre-defunto é nova para nós! Os outros itens já eram velhos conhecidos da nossa viagem de 10 mil km pela Argentina, Chile e Uruguay.
    Também não sabia que em Uruguaiana estava distribuindo este papel do cônsul. Boa informação!
    Uma coisa que me lembro bem que o Renato fez foi adesivar com plástico transparente toda a frente da camionete. Protegeu bem das estradas de ripio…
    Não podemos fazer uma reclamação sequer dos policiais que nos pararam na viagem acima. Tivemos “zero” de problemas com eles…

    • 22 de março de 2013    

      olá Adriana,

      Ótima dica essa do adesivo para proteção… não tínhamos pensado nisso, apesar do Marcelo já ser um veterano de Patagônia 😉
      E que bom que não tiveram problemas com os policiais… tomara que isso se repita conosco e com outros viajantes 🙂

  2. Renato Zaccaron Gonzaga's Gravatar Renato Zaccaron Gonzaga
    21 de março de 2013    

    Marcelo, Lyanne e Gael,

    Parabéns pelas reportagens sobre como viajar pelo Mercosul, um trabalho muito bem feito. Acredito que muito destes levantamentos sejam graças ao Gael!!!!!

    Um grande abraço

    Renato Zaccaron Gonzaga

    • 22 de março de 2013    

      Olá Renato,

      Obrigada pelas palavras.
      Para uma viagem “normal”, ter tudo pesquisado e planos Bs traçados é importante…. com crianças então, planos B, C, D… Por isso, quanto mais informação melhor 🙂

      abs

  3. Mirta's Gravatar Mirta
    22 de março de 2013    

    Nas estradas, varias e de ” ripio” (cascalho) , que percorri pela Argentina o que se ve, sempre nos carros locais, e a utilizacao de grades para protejer os vidros dianteiros , justamente por causa do cascalho.
    Perder o vidro dianteiro numa viagem , independente se for epoca de frio ou de calor, deve ser muuuuito desconfortavel.

    • 22 de março de 2013    

      Mirta do céu… nem me fale.
      Bom… nosso carro não é bem um carro, tá mais pra caminhão (vamos num motorhome F4000) … então taaalvez os vidros estejam mais seguros… mas vamos considerar sua dica e pesquisar também.

      Obrigada 🙂

  4. Ribeiro's Gravatar Ribeiro
    24 de março de 2013    

    Ola, vc ja leu esse artigo? e bem velho na net.
    http://www.motorhome.wiki.br/pg-int-info-ur-ar.php

    …abraço e bon voyage 🙂

    • 26 de março de 2013    

      Olá Ribeiro,

      Obrigada pelo link. algumas informações são desatualizadas, mas tem muita coisa boa lá 🙂

  5. 2 de abril de 2013    

    Super válida as dicas! Realmente viajar de carro é muito bom, mas tem que fazer tudo certinho…
    Débora

  6. sheila's Gravatar sheila
    3 de junho de 2013    

    oi queria comentar que tambem em argentina pedem constantemente a inspecao veicular ou vistoria veicular,tanto para os argentinos ou brasileiros.
    PRINCIPALMENTE OS ENTRERRIANOS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! da provincia ou melhor dizendo do estado de entre rios argentina, sempre querem te fazer uma multa,e sempre buscam (brechas) para tirar dinheiro das pessoas.

  7. leticia's Gravatar leticia
    15 de janeiro de 2014    

    Boa tarde,
    Gostaria de saber se vcs têm alguma informação sobre a legalidade de viajar com cães no motorhome pela Argentina e Uruguay. Grata.

    • 7 de abril de 2014    

      Oi Letícia
      Desculpe a demora na resposta.
      Bem… sobre animais, o que sabemos é que quando fazem uma viagem de avião, precisam ficar em quarentena… não sabemos como é em viagens rodoviárias… Tente informações na Policia Federal. Boa sorte e boa viagem 🙂

  8. Gabriel's Gravatar Gabriel
    15 de janeiro de 2014    

    Olá,
    Fomos com a família de carro desde Florianópolis até Córdoba na Argentina no final de 2013. Atravessamos a fronteira por Uruguaiana/RS a Paso de los Libres e pegamos a Ruta 14 até Federación (bela cidade com águas termais). Depois seguimos para Santa Fé. A qualidade das estradas é excelente, pouco trânsito e perfeito estado. Como são do tipo “free ways” é difícil achar postos para parar. Tem que sair nos vilarejos para abastecer, tanto o carro como a barriga. A polícia nos parou 2 vezes, verificou os documentos (CNH, documento do carro e seguro “carta verde”) assim como os itens de segurança. Como tínhamos tudo em regra foi bem tranquilo, sem nenhum tipo de contra-tempo ou extorsão. Trouxemos um kit de segurança obrigatório que agora estou vendendo para quem for viajar:
    http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-534289150-kit-de-seguranca-estradas-argentinas-oficial-_JM
    Tem também alguns pedágios que somente aceitam pesos argentinos, tem que prever levar na viagem.

    Boa viagem,
    Gabriel

    • Gustavo's Gravatar Gustavo
      16 de janeiro de 2015    

      Oi Gabriel

      Estou indo pra Santiago del Estero em abril…
      e fiquei interessado nesse kit
      O que consta nele?

  9. Luiz's Gravatar Luiz
    12 de março de 2014    

    Muito boas as dicas!

    É comum na Argentina ( postos de gasolina e caminhões de transporte de inflamáveis) o uso do “Balde de Arena”. Alguém já foi cobrado de tal item, andando de pick-up? (Hilux CD 4×4)
    Obrigado

  10. Guilherme Neves Piegas's Gravatar Guilherme Neves Piegas
    9 de junho de 2014    

    Meu veículo veio de fábrica somente com acessório dianteiro para cambão. O engate de cambão precisa ser dianteiro e traseiro?

  11. 14 de julho de 2015    

    Olá! Já viajamos algum tempo de moto: Argentina,Perú,Chile, Bolívia e grande parte do Brasil.
    Agora estamos experimentando viajar de motorhomee para nós estas informações estão sendo valiosas.
    As informações direcionadas, claras e organizadas.

    “Serra e Manja, viajando e fazendo amigos”

  12. 4 de fevereiro de 2016    

    Não consegui entender se é ou não permitido o uso de engate traseiro (sem carreta) no Uruguai. Alguém saberia dizer?

No Pings Yet

  1. Blog Awards: Os Melhores Blogs e Artigos de Viagem em Março/2013 | HostelBookers (PT) Blog on 2 de abril de 2013 at 9:41
  2. Anônimo on 12 de maio de 2014 at 21:28

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *