Vivências e dicas de uma família que adora uma viagem ;)!

MS Pantanal – Fazenda Abobral

No contra fluxo das fazendas estruturadas para receber muitos turistas que estão espalhadas pela Estrada Parque – no Pantanal – a Fazenda Abobral oferece uma experiência mais íntima, personalizada e simples de fazenda. Essa vivência de um dia e uma noite é exclusividade de Cícero e Giancarlo Peralta, da Pousada e Agência Peralta, que fica próxima ao centro de Bonito/MS.

A Fazenda Abobral está no meio da Estrada Parque do Pantanal e a viagem até lá já é uma grande aventura – sempre em uma das Land Rover Defender conduzidas pelo Peralta (Cícero) ou seu filho Giancarlo; e a proposta desse passeio é em sua essência oferecer uma experiência inesquecível aos hóspedes, com o grande diferencial de ser totalmente personalizado de acordo com o perfil de cada grupo.

Localizada numa área cenográfica há 266km de Bonito, a Fazenda Abobral possui uma casa alojamento com 3 quartos que acomodam até 9 pessoas – e uma área de convivência onde há sala com tv, banheiros, uma copa/cozinha e uma grande mesa onde os hóspedes almoçam, jantam, tomam café da manhã.

Dessa vez foi o Peralta quem conduziu uma turma animada até a fazenda. Nós resolvemos ir um pouco mais tarde com nosso motorhome, porque no dia anterior tivemos um delicioso e cansativo dia na Fazenda Boca da Onça Ecotour.

Atravessando a ponte sobre o Rio Miranda

Estrada Parque do Pantanal.

Porteira da Fazenda Abobral, depois de 30 Km pela Estrada Parque. Mais 5 km até a sede.

Chegamos no meio da tarde e o grupo já havia almoçado e saído para um safári na land rover com o Peralta. Nesse dia o grupo optou por um safári e uma cavalgada; mas o que o Peralta sempre enfatiza é que ele leva o pessoal pra onde quiserem…    e são várias as atividades possíveis, tipo alimentar os jacarés, pescar piranhas, passear de barco durante o dia ou à noite para safári ou focagem fluvial, fazer caminhadas, fazer safári pela estrada parque ou uma bela cavalgada. Tudo isso temperado com a boa conversa do Peralta ou Giancarlo, que conhecem cada pedacinho de chão lá da região e têm sempre boas histórias pra compartilhar com a gente.

Fomos recebidos pelo casal que cuida da fazenda; ela uma índia da tribo Terena, e seu marido um caboclo da região. Ah… e pantera; uma vira latas muito serelepe.

Tratamos de instalar o motorhome num bom lugar, perto da estrutura para hóspedes, com a porta virada para uma bela vista.

Enquanto esperávamos a turma voltar do passeio, ficamos por ali, curtindo a fazenda, conhecendo os espaços e, ali mesmo, já pudemos avistar os primeiros animais do Pantanal.

Nosso "quarto" ficou bem pertinho do restaurante

Algumas paisagens da Fazenda Abobral parecem quadros

Uma grande sombra para o redário

Pensa numa mãe gritando lá de trás "Não chega perto filho, é de verdade!!" 😉

Um elegante Tuiuiu bem pertinho de nós, parece até que está esperando para abrir a porteira.

E chega a hora do jantar. Uma comida simples e muito saborosa, onde cada um se serve, sem cerimônia.

Depois de alimentados e de um dedinho de proza, nos aprontamos para o nosso primeiro safári pantaneiro: a focagem noturna – para procurar a tal da onça e quem mais pudéssemos flagrar passeando pela noite.

Estávamos em sete adultos (contando o Peralta que dirigia) e uma criança (nosso filho de 5 anos). Armados com dois potentes holofotes, um na minha mão e outro com outra passageira – partimos porteira afora.

Armados de holofotes, câmeras e expectativas

Logo na saída, vimos brilhar os olhos de inúmeros jacarés (“inúmeros” não é força de expressão, acredite) no mesmo lago onde durante a tarde vimos “alguns”.

Vimos também um lobinho e, mais longe, os olhos brilhantes de um cervo do pantanal que foi identificado pelo Peralta pela forma como se movia, já que não foi possível “ver” de fato porque estava longe.

Nada da onça dessa vez, mas foi um passeio bem gostoso.

No dia seguinte, depois do café da manhã, nos despedimos de todos. Peralta retornou a Bonito com os hóspedes…

... e nós continuamos pela Estrada Parque.

[styled_box title=”Dica:” color=”yellow”]

Quando estiver pela região do Pantanal, procure usar sempre roupas claras (as escuras atraem mais insetos) chapéu ou boné, calças compridas, sapato fechado ou tênis, camiseta leve e de manga comprida – se não tiver ou não aguentar o calor com mangas compridas, abuse muito dos repelentes em creme (que são mais eficientes). Os mosquitos pantaneiros são muitos e abusados 😉

[/styled_box]

[box style=”” type=”info_box”]
Pousada do Peralta

Rua Ari Silva Machado, 500 – Bairro Formoso
Bonito – MS

(67) 3255 1901 / 9986 4711 / 9971 8207
www.PousadadoPeralta.com.br

Importante: A Pousada do Peralta, além dos quartos privativos, restaurante para o café da manhã, área de lazer, piscina, infra-estrutura para motorhomes e camping; tem também a Agência Peralta, onde você pode se orientar sobre tudo o que tem pra fazer em Bonito e já garantir os vouchers para os passeios que mais combinam com seu estilo.

[/box]

Similar posts

1 Comment

  1. 15 de outubro de 2016    

    Todo o percurso partindo da capital ao Pantanal, o condutor devera ser cauteloso, pois ocorrem travessias de animais silvestres na pista e em alguns trechos nao existem acostamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *