Vivências e dicas de uma família que adora uma viagem ;)!

MS Serra da Bodoquena – Nascente Azul, Flutuação tranquila para crianças e adultos

Quando se fala em Bonito/MS, a cena clássica que vem à mente é da pessoa com máscara e snorkel, com a cara debaixo d’água entre um cardume de enormes peixes coloridos numa água incrivelmente cristalina.

Pois, para quem nunca colocou uma máscara, nunca afundou a cara na água respirando por snorkel e até pra quem não tem muita intimidade com a água, a flutuação na Nascente Azul é uma ótima primeira experiência.

A Nascente Azul fica a 29 Km do centro de Bonito, sentido Serra da Bodoquena, sendo 22 Km de asfalto e 7 Km de terra. Chegando lá, encontramos uma excelente infra estrutura que conta com restaurante, vestiário, atividades como tirolesa, praia, playground, área de banho para crianças, quadra de vôlei, futebol de areia, redário e cascata. Além é claro, da estrela da casa; a flutuação a partir da nascente do Rio Bonito que é chamada de Nascente Azul (que é incrivelmente azul mesmo). Melhor reservar o dia todo pra ficar por lá porque coisa pra fazer ou lugar pra lagartear é o que não falta.

Nós fomos no período da tarde, uma pena, não aproveitamos tudo o que o lugar oferece, mas aproveitamos bem a flutuação. Em nosso grupo haviam três crianças, um rapazinho down, uma moça que não sabia nadar, nós e um pessoal animado com a expectativa da experiência.

Quem nos recebe é o Clêndisso, o mesmo guia que nos acompanhou por um passeio delicioso pela Fazenda Boca da Onça, um guia super competente que faz a diferença nos passeios. Dadas as instruções iniciais, lá fomos nós pela pequena trilha até o ponto onde nos equipamos.

Pela passarela de madeira seguimos o caminho até o vestiário.

 

Explicações sobre mata ciliar, sua importância e o que é feito lá na Nascente Azul para a sua preservação

 

Passando pelas tufas - formações de pequenas piscinas dispostas em degraus, muito comuns por aqueles lados. Essas são bem pequenas, cada "cachoeirinha" dessas tinha pouco mais de um palmo de altura.

Instruções antes de receber o equipamento

Paramos num dos pontos de descanso as margens do rio Bonito para as explicações e um "treino" de como usar os equipamentos e como nos comportarmos na água quando estivermos na nascente e durante o percurso. (Gente, vcs estão vendo a cor da água? e estava um dia meio nublado!)

Existe toda uma preocupação em não degradar a área, por isso não podemos pisar no fundo do rio, nem tocar ou pegar pedras ou plantas do fundo.

Nosso guia, bastante atento as necessidades e segurança de cada um do grupo, faz as demonstrações e depois vai ajudando e orientando para que todos possam desfrutar da experiência com bastante tranquilidade.

Todos orientados e devidamente treinados, seguimos para a Nascente.

Ahhh se tivesse um solzinho ali pra gente fazer fotos mais bonitas para que vocês vejam melhor a beleza que é aquela nascente. Ainda assim, fiquei de queixo caído com a transparência e tonalidade azul (se é que posso dizer assim) da água.

Quem quis pôde fazer uma apneia mergulhando lá no buraco da nascente, de onde brota a água. É uma grutinha bem no fundo e bem azul, cheia de peixes (advinha) azuis. Para quem não tem habilidades na água e não quer ou sabe fazer apneia, tem um cabo guia onde podemos ir deslizando e afundando segurando no cabo para poder ver com calma.

Dá pra descer segurando no cabo até bem perto da gruta da nascente

Ou descer mergulhando até bem mais perto

Nosso filho não se adaptou a sua primeira experiência com máscara e snorkel, mas isso não foi um problema. Ele também pôde se divertir vendo os peixes e a nascente usando o pai como "submarino" e usando sua janelinha particular 😉

Depois de muitas fotos subaquáticas na nascente, nos organizamos em fila para a flutuação propriamente dita.

A correnteza da Nascente Azul é bem vagarosa, eis o motivo dessa ser a melhor primeira experiência de flutuação para quem não tem muita intimidade com a água e equipamentos de mergulho.

Na hora em que estávamos na flutuação, o sol deu seu ar da graça e deixou mais bonito ainda o cenário. Foi possível perceber as cores dos peixes e nuances do fundo e da vegetação debaixo d’água. Nessas horas a gente pensa; “quantos detalhes a vida na natureza tem que a gente ainda não conhece”.

Foi um dia delicioso.

[styled_box title=”Dica:” color=”yellow”]

  • Vale a pena reservar o dia todo para estar na Nascente Azul, principalmente se estiver com crianças, porque tem praia, cascatas, playground, restaurante, redário, enfim… dá pra se divertir bem por lá.
  • Para o passeio de flutuação, não é preciso levar nada além de roupa de banho e curiosidade para contemplar, eles fornecem todo o equipamento.
  • É recomendado não usar cremes no corpo antes de entrar na água. A natureza é bem preservada por lá.
  • Há um serviço de fotógrafo que é terceirizado para as imagens subaquáticas, mas recomendamos que você verifique a qualidade das fotos feitas antes de comprar, porque no nosso caso, todas as fotos saíram muito tremidas.

[/styled_box]

[box style=”” type=”info_box”]
Onde ficar?

Pousada do Peralta
Rua Ari Silva Machado, 500 – Bairro Formoso
Bonito – MS

(67) 3255 1901 / 9986 4711 / 9971 8207
www.PousadadoPeralta.com.br

Importante: A Pousada do Peralta, além dos quartos privativos, restaurante para o café da manhã, área de lazer, piscina, infra-estrutura para motorhomes e camping; tem também a Agência Peralta, onde você pode se orientar sobre tudo o que tem pra fazer em Bonito e já garantir os vouchers para os passeios que mais combinam com seu estilo.

[/box]

Similar posts