Vivências e dicas de uma família que adora uma viagem ;)!

SC Florianópolis – Ribeirão da Ilha

Não é a primeira vez que falamos do Ribeirão da Ilha, bairro bem tradicional no sul da ilha Florianópolis. Já falamos da escalada que fizemos (veja tbém o vídeo), da gastronomia (veja o vídeo), do Ecomuseu e das casinhas maravilhosas que tem por lá (não deixe de ver o vídeo).

A diferença agora é que fomos com nossa KombiHome… fomos para passar a noite a beira mar, curtindo a nossa independência kombihomica.

No início, ficamos receosos com a segurança mas conversamos com alguns moradores e eles até nos indicaram um ótimo lugar a beira mar, perto de uma igrejinha. Estacionamos estratégicamente virados para o mar, claro.

Perto dali havia um restaurante especializado em ostras e frutos do mar, como a grande maioria dos restaurantes no sul da ilha, onde se concentram as fazendas de ostras.

Mas, esse não foi o nosso prato da noite. Optamos por uma porção de iscas de peixe, e garanto: a mais gostosa que comemos nos últimos tempos. Grandes, sequinhas e acompanhadas de um molho rosé caseiro feito na hora.

O atendimento do Trapiche das Ostras é outra delícia a parte. Lá no sul da ilha de Florianópolis, a maioria dos restaurantes são de nativos que vivem da pesca e do cultivo de ostras, e são eles e seus familiares que cuidam do restaurante e nos tratam como visitas e não como clientes.

Uma curiosidade: Lá no Ribeirão da Ilha, a maioria dos restaurantes tem nomes curiosos que fazem trocadilhos com a palavra Ostras. Por exemplo; Ostradamus, Maria vai com as Ostras, Umas e Ostras, Ostravagante (esse vimos o nome em um caminhão de entrega e foi bem apropriado). Daí ficamos brincando e inventando novos nomes: Ostrambique (quando for restaurante e alambique), Ostragado (quando tiver uma churrascaria junto), Ostravez, Ostraira, e por ai vai…

Terminada nossa pequena noitada, voltamos para nossa KombiHome que nos esperava para dormir.

No dia seguinte acordamos com o som das ondas do mar que convidava a um mergulho. Marcelo aceitou o convite rapidinho, mas eu estava mais sonolenta e não quis encarar a água fria logo cedo.

A tarde saímos de Florianópolis e seguimos a BR101 rumo norte, para Porto Belo.

[box type=”info_box” style=”box_light_gray”]
Indicamos:

Trapiche das Ostras
Rod. Baldicei Filomento, 11156
(48) 3237 6124
[/box]

Similar posts

8 Comments

  1. 15 de janeiro de 2009    

    Marcelo e Lyanne..
    Muito bom ver a aventura de vocês por destinos conhecidos de Santa Catarina que acabam sendo destinos conhecidos meus também por ser aqui da região..
    Já sabem que quando quiserem podem dar uma passada lá no blog também..
    Tem textos de Blumenau, Balneário Camboriú, Piçarras, São Joaquim e outros..
    Pretendo falar de muito mais destinos daqui ainda..
    Abraços,
    Thiago

  2. 18 de janeiro de 2009    

    Oi Thiago,

    Sempre visitamos seu blog 😉

    Abs

  3. 19 de janeiro de 2009    

    Que delícia! Florianópolis é sempre uma ótima viagem! 🙂

  4. Família Muller's Gravatar Família Muller
    20 de janeiro de 2009    

    Oiiii Ly e Marcelo !!!

    Chegamos agora de viagem e acessamos o blog para saber das novidades !

    Ficamos com muitas saudades de vocês e de Floripa também!

    Muitooo sucesso nesta vida de viajante com a Alice!

    bjs e saudades,

    Ronny, Lu e Matheus

  5. 20 de janeiro de 2009    

    Oi queridos!!!!

    Que saudades!!!

    Vamos fazer uma daquelas viagens??? Dessa vez a Alice vai conosco 😉

    bjos meus, abs do Marcelo e bibis da Alice

  6. 21 de janeiro de 2009    

    parabens para vcs!
    muito bacana a foto da kombi com as barracas. 🙂
    que legal.
    salute!

  7. 21 de janeiro de 2009    

    Olá aamarques!!!

    Alice também está adorando ficar lá no meio da galera 🙂

    abs

  8. elainesouto's Gravatar elainesouto
    26 de janeiro de 2009    

    ….olha sou uma viajante tbem..amo as estradas..e desejo a vcs muita sorte e que encontrem só pessoas boas no caminho….vou dar uma dica….comecem a cozinhar o momento da parada pro almoço é o melhor…kakakaka….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *