Vivências e dicas de uma família que adora uma viagem ;)!

Temperaturas abaixo de zero em Urubici/SC

Estamos em Urubici desde o mês de maio. Chegamos aqui pra fazer mais uma matéria sobre os atrativos (veja a anterior). E fizemos também um slide show para a Secretaria de Turismo, que será usado para a divulgação do município.

E então, como não se deve recusar oportunidades, fechamos mais dois trabalhos de construção de sites. Um para a Estalagem Villa da Montanha e outro para a operadora Tribo Xokleng (ambos em fase de finalização).

Para realizar o trabalho, estamos “morando” na Villa já faz uns dias. Esta noite, deu -4°C (!), geou e esta manhã estava tudo branquinho.

Então não aguentamos mais esperar para postar. Queríamos contar tudo sobre Urubici de forma cronológica, mas o trabalho para a secretaria de turismo e dos sites está tomando todo nosso tempo, mas… essas paisagens, tínhamos que dividir com vocês.

Similar posts

13 Comments

  1. Léo's Gravatar Léo
    13 de junho de 2008    

    O lugar é lindo e as fotos mais ainda!

  2. 13 de junho de 2008    

    Oi Léo!!! que saudades!!!

    Viu que lindo o lugar? Os proprietários são maravilhosos tbém.

    Neste findi a previsão é de temperaturas ainda mias baixas… aguarde novas fotos.

    bjocas nossas

  3. puppe's Gravatar puppe
    14 de junho de 2008    

    adorei as fotos uma delícia esse frio!!!!

  4. 21 de junho de 2008    

    Puppe!!!!

    Que bom que curtiu!!! Te deu saudades de um frio de verdade? hahaha

    bjcas

  5. bia's Gravatar bia
    3 de agosto de 2008    

    as fotos estao lindaassss

    gostei muito postaram muito bem!!!

    ehhh friosinho bão ein!!!

    rsrrsrs

  6. 3 de agosto de 2008    

    Bianquinha querida!!!

    Bem diferente do calor ai de cima né? hahaha

    bjokas nossas 🙂

  7. MARTINA KNOLL's Gravatar MARTINA KNOLL
    5 de maio de 2009    

    Sou suspeita pra falar porque AMO Urubici. Nasci em Rio do Sul,(cidade muito próxima, mas nunca havia ido até Urubici.A convite de um irmão que vai anualmente a uma tradicional festa da família Martignago, decidi subir a serra,(resido em Floripa).Embarquei em um ÕNIBUS ás 14:00 horas do dia 30 de abril do ano de 2004,por volta das 17;oo envolta a um nevoeiro e muita chuva chegava a um pequeno vale margeado por montanhas que quase não conseguía avistar.Por um momento pensei: – Meu Deus, o que vim fazer aqui. Me preocupei se encontraria um táxi na rodoviária, mas meu hotel ficava na estrada geral e não precisei pegar taxi, era só atravessar a rua (cheia de bagagens) naquela época ainda viajava (pesado). Descobrí depois que lá nem existia rodoviária. Ao adentrar ao hotel um funcionário já me recebeu efusivamente pelo nome:- Dona Martina, é um prazer tê-la aqui em nosso hotel. Fiquei impressionada pela receptividade e perguntei sobre como ele sabia meu nome e ele me respondeu que eu era a única pessoa desacompanhada que se hospedava naquele dia. Como sou uma pessoa de certo bom humor, me sentí bem recebida e tratei de subir ao apto para um banho,troca de roupa etc. Quando entrei no elevador, me deparei com uma excursão de Franceses que tinham ido fazer rapel e esportes radicais nas trilhas e cachoeiras. Fiquei novamente impressionada e tentei me comunicar num inglês suficiente para me entrosar.Resolvi então descer para fazer um lanche. Me indicaram a padaria Panicok onde tomei um delicioso chocolate quente. Retornando ao Hotel me informei sobre onde poderia jantar. Naquela época o hotel não tinha restaurante) e o recepcionista prontamente perguntou sobre minha preferência de cardápio e eu respondí que uma sopa ou algo quente para mim eram suficientes.
    Ele ligou imediatamente para um bistrô e solicitou a alguém que viesse me buscar no hotel e que eu teria dificuldade de locomoção.(estava sem carro)para vir me buscar no hotel. (com tal gentileza, não pude dizer não e me perguntou rapidamente a que horas estaria pronta e eu respondí às 20;30 hrs. sem muito pensar.
    ÁS 20:32 eu já estava no hall e um senhor muito gentil me conduziu em seu automóvel, numa noite bastante fria e nebulosa, até um lindo chalé onde fui recebida por uma senhora muito gentil que me indicou uma mesa, que escolhí num pequeno cantinho ao lado da lareira.
    Não pedí sopa, decidí pelo prato que meu marido pediria se alí estivesse: – muqueca de trutas.
    Não bebí vinho, mas uma deliciosa malzbier (cerveja preta). Alí naquele bistrô, onde haviam vários casais e eu sózinha, num cantinho, completamente encantada pela energia daquele lugar onde com a graça divina, tenho podido voltar todos os anos, agora com meu marido, para renovar minhas energias e desfrutar com ele toda a felicidade sentida ao me apaixonar por Urubici.

    Grande abraço Á querida cidade.
    MARTINA KNOLL

  8. Martina!!!

    Que relato delicioso! Obrigada por compartilhar conosco sua experiência.

    Lá é uma delícia mesmo né? Sugiro uma pousada bem gostosa que já ficamos uma vez: A Estalagem Villa da Montanha. Veja o slide show que fizamos de lá: http://www.youtube.com/watch?v=OKmgBcg5e9s

    Abs

  9. 2 de agosto de 2010    

    GENTE! QUE FOTOS MARAVILHOSAS!!! e obrigada pela dica!!abração!!

  10. Oliva's Gravatar Oliva
    7 de maio de 2012    

    Bom dia! pretendo conhecer Urubici no início do mês de junho.Será que vou pegar um friozinho?Abraço!

    • 7 de maio de 2012    

      Olá Oliva,

      Urubici é mesmo linda e vc vai em uma ótima época. Paisagens geadas pela manhã, céu azul e sol durante o dia e final de tarde com pinhão e vinho na frente da lareira 😉
      Abs e boa viagem

  11. marcia's Gravatar marcia
    6 de junho de 2012    

    Olá, vou para a serra catarinense no dia 30/06. Vamos ficar em Urubici, mas pretendemos conhecer também outras cidades como São Joaquim, urupema e Lages. O que vcs me indicariam sobre o que fazer lá, onde comer. Vamos em 3 familias de 1 casal e 2 crianças.
    Obrigada

    • 20 de junho de 2012    

      Oi Márcia,

      Que bom que vão todos curtir a serra catarinense nas férias 🙂
      Por enquanto só podemos te dar didas sobre Urubici, que conhecemos bem.
      Com crianças a melhor pedida é curtir a natureza. Tem passeios a cavalo, tirolezas (verifique se são associadas ABETA – assim a segurança da atividade é garantida), trilhas fáceis como a do morro do campestre, cachoeiras e até cavernas.
      A noite, com o clima frio, fogão a lenha e luz de velas podem encantar tanto as crianças quanto os adultos.
      O hotel Fazenda Fogo Eterno tem passeios a cavalo e as crianças podem acompanhar a ordenha das vacas pela manhã.
      Dá uma olhadinha nos posts que reunimos na tag Urubici (http://vidadeviajante.com.br/turismo/urubici/)

      abs e boa viagem 🙂
      (ai que saudades de lá – hahahaha)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *