junho 12, 2019

Economia Colaborativa

O que é economia colaborativa?

O consumo colaborativo é a circulação contínua de produtos e serviços entre os indivíduos através do compartilhamento, troca, negociação, aluguel, empréstimo ou doação, promovendo o acesso à propriedade e reduzindo o desperdício, normalmente tendo uma grande empresa atuando como intermediária para gerenciar as regras de uso, negociar valores mais baixos em função do tamanho da comunidade de usuários, e oferecer maneiras dos consumidores confiarem nos serviços ou produtos compartilhados em função das avaliações de outros que já experimentaram.

A Importância da Comunidade

A economia colaborativa é definida como iniciativas baseadas em redes horizontais e participação ativa de uma comunidade.

É construída sobre poder distribuído e confiança dentro das comunidades em oposição às instituições centralizadas, eliminando as linhas entre produtor e consumidor.

Essas comunidades se encontram e interagem em redes on-line e plataformas sociais, bem como em espaços compartilhados – como os espaços de coworking.

Além de confiar nos outros, os usuários de uma plataforma de Economia Compartilhada também precisam confiar na própria plataforma, bem como no produto em questão.

A comunidade precisa ser forte e unida.

 

SEBRAE mostra a Economia Compartilhada

Maiores plataformas exemplos de economia colaborativa

Airbnb – Aluguel de Residências

O Airbnb permite aos indivíduos alugar o todo ou parte de sua própria casa, como uma forma de acomodação extra.

O site fornece uma plataforma de busca e reservas entre a pessoa que oferece a acomodação e o turista que busca pela locação.

Abrange mais de 500 mil anúncios em mais de 35.000 cidades e 192 países.

Uber – Serviço de caronas compartilhadas

A Uber é uma empresa multinacional americana prestadora de serviços eletrônicos na área do transporte privado urbano.

Através de um aplicativo de transporte que permite a busca por motoristas baseada na localização, em inglês e-hailing, oferece um serviço semelhante ao táxi tradicional, conhecido popularmente como serviços de “carona remunerada”.

DogHero – Serviço para cuidados com pets

DogHero é uma empresa brasileira que opera uma plataforma online que conecta donos de cachorros a pessoas que oferecem serviço de hospedagem ou passeios (dog walker) aos cães.

Criada em 2014, a startup atua em dois países: Brasil e Argentina.

A rede de anfitriões é formada por 15.000 pessoas espalhadas por mais de 600 cidades brasileiras e 20 argentinas.

Financiamento Coletivo – Crowdfunding

Financiamento coletivo consiste na obtenção de capital para iniciativas de interesse coletivo através da agregação de múltiplas fontes de financiamento, em geral, pessoas físicas interessadas na iniciativa.

O termo é muitas vezes usado para descrever especificamente ações na Internet com o objetivo de arrecadar dinheiro para artistas, jornalismo cidadão, pequenos negócios e empresas emergentes, campanhas políticas, iniciativas de software livre, filantropia e ajuda a regiões atingidas por desastres, entre outros.

Empréstimos em grupo – Crediamigo

Você já deve ter ouvido falar da modalidade de empréstimos financeiros em grupo, que consiste em uma maior segurança de pagamento para quem está gerando o crédito e mais facilidade para aqueles que querem se unir para conseguir o empréstimo.

O grupo solidário consiste na união voluntária e espontânea de pessoas interessadas em obter o crédito, assumindo a responsabilidade conjunta no pagamento das prestações.

Espaço de trabalho colaborativo – Coworking

Coworking, ou co-working, ou cotrabalho, é um modelo de trabalho que se baseia no compartilhamento de espaço e recursos de escritório, reunindo pessoas que trabalham não necessariamente para a mesma empresa ou na mesma área de atuação.

Podendo, inclusive, reunir entre os seus usuários os profissionais liberais, empreendedores e usuários independentes.

É uma maneira utilizada por muitos profissionais autônomos para solucionar o problema de isolamento do modelo de trabalho conhecido como home office.

Além disso, é um ótima alternativa para aumentar sua produtividade e fazer novos contatos de negócios através do networking.

Pessoas e empresas usuárias de coworking também utilizam este modelo de trabalho para estabelecer relacionamentos de negócios onde oferecem e/ou contratam serviços mutuamente.

Alguns destes relacionamentos também visam favorecer o surgimento e amadurecimento de ideias e projetos em grupo.

CouchSurfing – Serviço de Hospedagem gratuita

O Projeto CouchSurfing (CS) é um serviço de hospitalidade com base na Internet.

Em 2012 atingiu a marca de 1 milhão de membros em mais 180 países e territórios.

Os membros usam o site, para coordenar as acomodações.

São disponibilizadas numerosas funcionalidades como perfis pessoais ou coletivos detalhados.

Usa um sistema opcional de verificação de identidade por cartão de crédito, um sistema de certificação pessoal e sistema de referências pessoais para aumentar a segurança e a confiança entre membros.

Ademais, existem muito mais funcionalidades à disposição dos membros como grupos de discussão, reuniões e encontros, salas de conversa e muito mais.

_________________
Fonte: Mobilis