Livro “Foco” [Daniel Goleman]

Você está prestando atenção? Ou já se distraiu checando seus e-mails, mensagens, Facebook, Twitter? Resistiu ao impulso de deixar sua mente divagar? Se tiver resistido, muito bem: normalmente uma pessoa fica distraída por mais de 40% do tempo quando lê um texto. Mas quais são os benefícios de ficar focado por um longo período? Uma palavra: sucesso.

Segundo Daniel Goleman, autor do best-seller Inteligência emocional, a atenção funciona de forma muito parecida com um músculo: se não o utilizamos, fica atrofiado; se o exercitamos, se desenvolve e se fortalece. Numa era de distrações intermináveis, Goleman argumenta que precisamos aprender a aprimorar nosso foco se quisermos prosperar no mundo complexo em que vivemos.

Aqueles que alcançam rendimento máximo (seja nos estudos, nos negócios, nos esportes ou nas artes) são precisamente os que prestam atenção no que é mais importante para seu desempenho. Foco é uma ferramenta essencial, é o que diferencia um especialista de um amador, um profissional de sucesso do funcionário mediano. Foco traz um olhar inovador sobre o segredo para o alto desempenho e mostra como a atenção tem um papel fundamental para o sucesso.

Seleção de Resumos do Livro “FOCO” 👇

Os links sobre os nomes dos autores dos resumos te levam aos seus respectivos canais no Youtube, onde você pode conferir outros conteúdos de cada um deles e inscrever-se nos seus preferidos 😉 

Lucas Conchetto (9:44)

ResumoCast (32:45)

Livro “Foco” – Daniel Goleman

[comentários por: @LucasConchetto]

Em “Foco”, Daniel Goleman discute a importância da atenção. Qual é o papel desta capacidade cognitiva em nossas vidas. Através de dados científicos, histórias, pesquisas e estudos de caso, o autor defende a importância de uma mente capaz de se manter consciente e flexível. Quais são os benefícios e frutos do autocontrole. A liderança focada e consciente. E o equilíbrio emocional entre vida pessoal e profissional.

O autor aborda o foco através de uma tríade. Foco interno, foco no outro e foco externo. O foco interno é nossa capacidade de olhar para dentro, de perceber mudanças e reagir positivamente a elas. Essa habilidade de pensar sobre pensar é chamada de metacognição. É ela que entra em jogo quando perdemos o foco, e logo lembramos que perdemos o foco e voltamos a focar. O desenvolvimento da metacognição, defende o autor, é um dos maiores trunfos do indivíduo bem sucedido e saudável. Quando estamos tentados a comer mais aquele pedaço de bolo, e pensamos que merecemos comer, mas em cima desse pensamento, pensamos que não deveríamos porque é doce demais, faz mal e já ultrapassei meus limites, é o fator mais importante para o autodesenvolvimento em longo prazo. O foco interno é fundamental, a partir dele conseguimos notar o que sentimos, nos posicionar e assim saber como o outro se sente. É através dele que reconhecemos o outro e desenvolvemos empatia.

O foco no outro é nossa capacidade de enxergar no outro um indivíduo que sente, que tem emoções, problemas e desafios. E assim agimos de forma empática, criando cenários e oportunidades para o outro também florescer. Quando assistimos e notamos o outro, criamos conexão, e um laço se forma. Só quando ouvimos e somos ouvidos atentamente é que a comunicação acontece. Já notou como é desagradável você conversar com alguém, enquanto essa pessoa digita no celular? Não é um sentimento de que o que você fala tem pouco valor? É justamente por isso que o foco no outro é importante. Trata-se da capacidade de perceber esses fatores e agir de forma positiva para corrigir. E para completar a tríade temos o foco externo. Essa é nossa habilidade de enxergar o mundo e dele tirar interpretações válidas que nos projetam à frente. Muitas pessoas abrem empresas, criam produtos, porque acham bonitos, interessantes e geniais. Contudo, muitas vezes não olham pra fora, não assistem os movimentos de nossa sociedade. Não reparam as mudanças de mercado. Quando isso acontece, é claro que a frustração e o prejuízo estão vindo junto.

Fica claro para nós a importância do foco. Sem ele não conseguimos absorver o que é importante. Muitos estudos sugerem que quanto mais informação nós temos, mais difícil se torna tomar decisões. Isso acontece porque nosso foco fica difuso e não conseguimos mirar no que é importante. É difícil dar atenção a algo quando somos hiper estimulados. Para desenvolver o foco é necessário olhar para dentro. A autoconsciência e a reflexão criam bases sólidas para navegarmos pela vida. Exercícios de atenção plena e meditação nos condicionam a associação e dissociação mais rápidas e eficazes, uma habilidade fundamental para atenção.

Como qualquer outra questão relacionada ao ser humano, não podemos enxergar isso como uma solução definitiva e única. Também devemos tomar cuidado para não cair no engano de acreditar que essa é uma construção de curto prazo. Todo processo sólido exige consistência em longo prazo, persistência e ajustes constantes.

Top 5 Aprendizados

Inspirar liderança demanda estar em sintonia com sua realidade emocional e com aqueles que queremos liderar.
Quando olhamos para dentro, nós aprendemos sobre nós. Esse exercício ajuda a encontrar nossos objetivos e crenças. Só alguém que acredita no que prega, é capaz de criar uma liderança sólida. Quando estamos em sintonia com nossa realidade emocional, somos capazes de ver a dor e sofrimento do outro. E isso cria laço entre a equipe. O líder passa ser mais aberto, responsável pelo bem-estar do time e consciente do valor dessa visão.

Celebrar vitórias, rir, sabendo que se divertir não é perda de tempo, é uma maneira de construir capital emocional.
Trabalhar é fundamental. Mas celebrar vitórias e se divertir também o é. Muitos laços são criados nessas interações. O líder deve criar situações de descontração, celebrar as vitórias de seu time e dar feedback.

Foco pode ser aprimorado, exercitado
Podemos ser mais focados. Isso é possível através de exercícios de atenção plena e meditação. 

Se você se gerencia melhor, você influencia melhor
Gostamos de seguir líderes consistentes, com opinião própria e de personalidade. E pessoas com essas características quase sempre são muito autoconscientes, gerenciam suas demandas com muito afinco. Quando isso acontece, somos atraídos por esses indivíduos, que por se gerenciar bem, influenciam os outros.

Foco nas emoções positivas. O que fazemos parece mais importante e a necessidade de agir dura mais.
Quando focamos nas emoções positivas, criamos um senso de propósito e bem-estar. Dessa forma ficamos mais energizados e compelidos a agir. O foco nas emoções positivas produz um cenário saudável e estimulante no cérebro e no corpo.

Como Comprar o Livro

Antes de mais nada parabéns por estar aqui buscando conteúdos bacanas para te ajudar no seu processo de desenvolvimento. Estamos muito felizes por isso, pois nosso objetivo é realmente te ajudar neste processo.

Bem, sabemos que nada substitui uma boa leitura e, portanto, se você gostou dos resumos recomendamos que você compre o livro para lê-lo na íntegra e absorver todos os seus ensinamentos:

  • Comprar na Amazon (indicado por Lucas Conchetto)

_______________________________

E então? Curtiu?

De qual resumo você mais gostou?

Compartilhe aqui abaixo sua opinião 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *