Livro “O Poder do Hábito” [Charles Duhigg]

A chave para o sucesso é entender como os hábitos funcionam.

Na últimas duas décadas, neurologistas, psicólogos, sociólogos e publicitários finalmente começaram a entender como os hábitos funcionam e, o mais importante, como podem ser transformados.

Embora isoladamente pareçam ter pouca importância, com o tempo os hábitos causam um enorme impacto na nossa saúde, produtividade, estabilidade financeira e felicidade. Em O Poder do Hábito entendemos por que algumas pessoas têm tanta dificuldade em mudar, enquanto outras parecem conseguir isso da noite para o dia.

Charles Duhigg apresenta um argumento animador: a chave para se exercitar, perder peso, educar bem os filhos, ser produtivo e ter sucesso é entender como os hábitos funcionam.

Seleção de Resumos do Livro “O Poder do Hábito” 👇

Os links sobre os nomes dos autores dos resumos te levam aos seus respectivos canais no Youtube, onde você pode conferir outros conteúdos de cada um deles e inscrever-se nos seus preferidos 😉 

Lucas Conchetto (10:43)

ResumoCast (32:55)

Arata Academy (17:57)

INSTANTE (14:37)

Life Pins (8:17)

IlustradaMente (6:43)

Seja Uma Pessoa Melhor (5:40)

Epifania Experiência (4:32)

Eureka (4:26)

Livro “O Poder do Hábito” [Charles Duhigg]

[comentários por: @LucasConchetto]

Charles Duhigg, reporter do New York Times e ganhador do prêmio Pulitizer, desenvolve no livro O poder do hábito uma análise do comportamento humano, na busca por identificar nossos padrões. Leitura fácil, dinâmica e muito rica, o livro é repleto de histórias, estudos de caso e pesquisas, onde Duhigg percorre o universo do hábito, desde sua definição a conceitos neurológicos.

Uma pesquisa da Duke University nos Estados Unidos, mostrou que mais de 40% de nossas ações diárias não são decisões de fato, mas sim hábitos. E isso é fantástico, pensar que quase metade de nossas ações diárias são automáticas, gravadas em nossa estrutura psicológica e usada como recurso para otimização de nosso sistema cognitivo. O hábito, existe para que nosso cérebro não se sobrecarregue na tomada constante de decisões, o dia a dia nos levaria a exaustão mental se não houvessem os hábitos. Porém os hábitos podem ser positivos ou negativos, podemos ter um hábito que traz benefício a nossa saúde ou mal a saúde. Um treinador americano explica “os campeões não fazem coisas extraordinárias, fazem coisas ordinárias, mas as fazem sem pensar, rápido demais para o outro reagir”.

Mas afinal, como se formam os hábitos?

Após alguns estudos, foram identificados alguns padrões na formação de hábitos, os chamados loops. O loop é uma estrutura recursiva que ao final do seu ciclo, dá condições e sequência a um novo ciclo. Na formação do hábito o loop deixa, rotina e recompensa entra em ação para consolidação de um processo racionalizado para um processo automatizado.

> Deixa

A deixa é o clique que dispara a ação do hábito, e pode ser um sentimento, um lugar, um objeto, algo que ative os sentidos. Um exemplo é escovar os dentes, já reparou que escovar os dentes, passa ser uma urgência assim que você come e quer tirar o gosto de comida da boca e sentir a sensação de limpeza? A deixa é a sensação, o gosto, o sentimento de estar com a boca suja, essa deixa dispara o loop para a rotina.

> Rotina

A rotina é o processo de execução do hábito, é o padrão de comportamento que é repetido toda vez que uma deixa é encontrada. No exemplo de escovar dente, é o processo de pegar a escova, colocar pasta, escovar a escova nos dentes e enxaguar a boca. Note que você nunca pensa na repetição da escova no dente ou em outros detalhes, pois eles já estão no piloto automático, e você os repete quase igualmente todos os dias, até mesmo a quantidade de vezes que esfrega a escova nos dentes. E quanto a rotina é concluída, o componente final para formação do hábito entra em ação, a recompensa.

> Recompensa

A recompensa é o sentimento de realização, e está relacionada a uma satisfação, realização de um desejo e obtenção de um resultado. No exemplo de escovar o dente é a sensação de limpeza e frescor que nos dá um sentimento de realização, de trabalho feito.

Um experimento com o macaco Julio

O mais incrível é que nossos hábitos são tão poderosos, que eles criam anseios neurológicos. Para entender isso vamos falar sobre um experimento com o macaco Julio. Schultz, um professor de Cambridge, ficou intrigado por que alguns macacos gostavam de suco de maça e outros de amora, e ele começou a se perguntar “afinal o que se passa nessas cabecinhas de macaco?” e como as recompensas afetam o cérebro de maneira diferente?

Schultz, colocou Julio em uma cadeira, com um monitor em sua frente, com formas coloridas passando na tela. Ao lado de Julio uma alavanca dava acesso a uma gota de suco de amora toda vez que ele encostasse e somente quando os objetos apareciam na tela – especificamente uma linha azul. No início o macaco não deu a mínima, passava a maior parte do tempo tentando sair da cadeira. Depois que vieram as primeiras gotas e ele começou a entender, ele passou a se concentrar no monitor, assim que ele entendeu a dinâmica após dezenas de repetições, que as formas eram uma deixa, para a rotina de puxar a alavanca com a recompensa do suco de amora, ele passou olhar pra tela como um raio laser. Enquanto isso, Schultz analisava a atividade cerebral de Julio e logo viu um padrão surgir. Sempre que Julio recebia a gota de suco, um pico de atividade cerebral disparava, e isso sugeria que ele sentia felicidade.

O incrível aconteceu quando depois de dezenas de repetições, o gráfico de atividade cerebral começou a se antecipar, quando Julio via a linha azul, o cérebro disparava um pico e gerava uma grande atividade, e ele sentia o prazer da recompensa sem mesmo o suco cair. O hábito havia se instaurado, e o macaco passava a antecipar o prazer, pois sabia que aquela rotina dispararia uma recompensa. A partir desse momento, Julio já não precisava gastar muita energia cerebral para executar o exercício, pois o hábito estava no comando.

 

Como Comprar o Livro

Antes de mais nada parabéns por estar aqui buscando conteúdos bacanas para te ajudar no seu processo de desenvolvimento. Estamos muito felizes por isso, pois nosso objetivo é realmente te ajudar neste processo.

Bem, sabemos que nada substitui uma boa leitura e, portanto, se você gostou dos resumos recomendamos que compre o livro para lê-lo na íntegra e absorver todos os seus ensinamentos:

  • Comprar  na Amazon (indicado por Lucas Conchetto)

_______________________________

E então? Curtiu?

De qual resumo você mais gostou?

Compartilhe aqui abaixo sua opinião 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *